Gestação Consciente

O momento de gestação é uma fase divina para a mãe e o pai e também para toda a família. A mulher se empodera de toda sua força e energia de Shakti (sagrado feminino) se abrindo ao novo ciclo que se descortina diante da família. Segundo a visão do Ayurveda uma gestação consciente é aquela que é planejada e cuidada. A preocupação de preparar o terreno de plantio, ou seja, preparar mãe e pai com procedimentos de desintoxicações, a nível celular, e nutrição para que o fruto seja o mais saudável possível são pré-requisitos para gestação no Ayurveda.

O quanto o casal está consciente do ato de estar disposto a doar a esse processo faz toda a diferença visto que esta é uma fase onde ambos tem que abrir mão de muitos projetos e sonhos, que antes ocupavam o primeiro lugar em suas vidas, e a partir do momento que escolherem engravidar, o ideal é que isto passe a ser a prioridade para ambos. Todos os pais querem ter seus bebês saudáveis, mas o quanto de energia estão dispostos a dar para que isso realmente aconteça? Será que o correto é deixar que o destino se encarregue do futuro, ou nos responsabilizar pela fecundação? Afinal é o início de uma nova vida, que a princípio se nutre física, mental e
emocionalmente através do que é doado pelos pais.

Segundo a visão Ayurvédica, os cuidados com a fase da concepção, conforme falamos a cima, corresponde a fase de “Brahma” que diz respeito a criação, a seguir a segunda fase que é a de “Vishnu” que diz respeito à manutenção na qual o foco se dá na alimentação necessária para nutrir os vários tecidos que irão formar o feto durante toda a gestação. A saber, esses tecidos são: plasma, sangue, músculo, gorduroso, ósseo, nervoso e reprodutivo. Esta nutrição se dá de forma gradual, mês a mês e por esse motivo a alimentação deve ser orientada de forma diferenciada a cada
mês, assim como uma rotina de vida saudável que permita a mãe se manter forte e segura até a chegada de seu bebe, que se dá na terceira fase “Shiva” que diz respeito à transformação.

Foto: Khoa Pham

Agora o feto está pronto e é preciso sair do conforto da barriga da mamãe e nascer, retornando a fase de Brahma (criação). Uma nova vida interagindo com o meio externo, passando pelas várias fases novamente. Ainda na fase de Vishnu (manutenção), que é a segunda fase mais importante da gestação, o Yoga é uma das ferramentas que o Ayurveda tem para auxiliar a mãe tanto nas suas mudanças de corpo, quanto a cultivar a atitude mental adequada para este momento, além de ajudar na formação de um elo maior de conexão entre mãe e bebê. Este elo permite que o bebê se desenvolva de forma tranquila e segura, preparando ambos, para a terceira fase, o nascimento.

Em cada fase a mãe deve contar com uma equipe de apoio, mas principalmente na fase após o nascimento, o suporte profissional e familiar é imprescindível para que possa receber auxílio nas suas tarefas comuns, assim como na nova demanda que também é novidade para esta mãe que neste momento tem sua maior atenção voltada para cuidar do recém-nascido. Algo essencial para este momento é a nutrição que vai além da comida que nutre o corpo físico, mas que também envolve a nutrição da mente, emoção e alma, que o Ayurveda cuida de uma forma muito especial, através de massagens terapêuticas, fumigações vaginais, limpeza energética, entre outros procedimentos que são indicados para que esta mãe se mantenha equilibrada e saudável, e onde o bebê possa também ser acolhido e nutrido pelo estado de equilíbrio que a mãe desenvolve. Esta fase pós parto dura de 40 dias ou mais, dependendo da demanda da mãe e bebê, sendo necessário que se respeite as escolhas e o momento de resguardo da mãe, que tem seus processos individuais e únicos. Assim, passado todo esse processo mãe e bebê podem se sentir mais seguros e amados para continuar sua trajetória.

O Ayurveda cuida de nós desde o processo de pré concepção até as instruções para uma morte calma e tranquila. Nos dá o ‘manual’ para todas as etapas da vida.

Por Marina Lourenço
Centro de Yoga e Ayurveda Arte OM

http://www.arteom.com.br

Deixe uma resposta