Nutrição Ayurveda – Os 6 sabores e suas combinações apropriadas

postado em: Dicas, Nutriçao | 1

“Existem seis sabores: doce, ácido, salgado, picante, amargo e adstringente. Quando usados corretamente, o corpo é mantido em estado de saúde. Seu uso errado resulta no desequilíbrio dos DOSHAS”. – Charak Samhita, Vimanasthan 1.4

Bem diferente de todos os outros sistemas de saúde e nutrição, o Ayurveda identificou seis sabores presentes nos alimentos e ervas bem como suas influências fisiológicas.

Os seis sabores são:

 

 

Cada sabor promove uma influência em nosso corpo e nos Doshas:

Os sabores; doce, salgado e ácido – são anabólicos, aumentam os tecidos, e o peso corporal.

Os sabores; Picante, amago e adstringente – são catabólicos e auxiliam na perda de peso.

Os sabores; doce, amargo e adstringente, são de potência fria.

Os sabores; ácido, salgado e picante são de potência quente.

Cada indivíduo carrega dentro de si um código que responde de forma diferente a esses sabores e sua combinação deve ser única e exclusiva para cada um de nós. Tais diferenças estão relacionadas a idade, genética, estação e outras diferentes características. Segundo o Ayurveda para que o indivíduo tenha uma refeição completa e se sinta saciado, ele deve utilizar os seis sabores em suas principais refeições do dia. Isso deve ser feito através de uma combinação inteligente dos alimentos e temperos, aliadas as necessidades específicas de cada um, adequadas ás condições do local, clima e estação do ano.

Dando-se a devida atenção ao gosto dos alimentos e refeições preparadas, o indivíduo é capaz de saber com grande precisão a influência da entrada no corpo e na mente, e em seu estado de saúde. Esse quadro abaixo mostra como usamos os sabores para diminuir ou aumentar a influência dos Doshas.

Uma dieta apropriada é aquela que respeita cada indivíduo em determinado momento de sua vida. Além de tais questões mencionadas, os sabores e alimentos quando empregados apropriadamente irão gerar saúde e bem estar. Por outro lado quando não respeitamos esses princípios e combinações iremos sofrer de doenças. Combinações apropriadas:

Os amidos (arroz, trigo, farinhas, batatas) não combinam bem entre si mas; Combinam bem com legumes, verduras, carnes, óleos e oleaginosas.

Ex ruim: batata + arroz, arroz + massas, etc…

Ex bom: arroz + feijão (desde que em proporções diferentes para que o carboidrato ou a proteína sejam maiores e nunca em quantidades iguais pois dificultam a digestão)

+

Uma porção de legumes

+

Uma poção de verduras

+

Uma ½ porção de carne (se for carnívoro) ou se for vegetariano (tahine, tofu, cottage)

+ azeites e castanhas

Leite: é bom tomar separado fervido com ervas e condimentos para facilitar a digestão (canela, gengibre, cardamomo, cravo) ou com cereais somente. Também combinam bem quando usados somente com tâmaras e especiarias, ou uva passa. Ex: com biscoitos integrais ou pães integrais torrados, com flocos de milho, aveia ou arroz…

Quejos: combinam bem com legumes e verduras; Mas não combinam bem com carnes, leite e amidos por formarem uma combinação muito pesada.

Frutas: As frutas doces combinam bem entre si e não combinam bem com outros alimentos porque, seu tempo de digestão é mais rápido que os outros alimentos causando fermentação no estômago. São excelentes para serem consumidas nos intervalos das refeições e são grande fonte de energia principalmente se forem frescas e da época. O mamão combina bem com cereais (ou tapioca) e leite (ou chás) no café da manhã. O abacate também é considerado um vegetal e pode ser ingerido junto as refeições (em especial o almoço). As frutas ácidas não combinam bem entre si e nem com outros alimentos (exceto o limão como tempero de saladas, mas somente algumas gotas) devendo ser usadas separadamente.

Quanto mais frescos forem os alimentos, maior será a qualidade de energia ingerida, assim também deve ser com o preparo da mesma. O alimento deve ser preparado e comido na hora pois seus nutrientes estarão mais vivos e ativos nesse momento. Comida congelada, enlatada, com conservantes não tem quase nenhum fator nutricional e energético, necessitado uma maior ingestão para que nos satisfaça.

Busque compensar o uso dos sabores com as Massalas específicas para cada momento do seu dia, sejam os preparados salgados como as Massalas Anti Vata, Anti Pitta e Anti Kapha, ou para alimentos adocicados como a Massala Doce e a Massala Chai. O uso regular de especiarias auxilia o corpo a manter o Agni saudável e o corpo livre de toxinas.

O Tônico Ayurvédico pode ser usado como um complemento de alimentos doces com frutas, contendo sementes e ervas tonificantes/rejuvenescedoras. (conhecidos no Ayurveda como Rasayanas), assim como o Ghee deve ser usado regularmente por ser o óleo mais benéfico que se tem conhecimento, podendo substituir os óleos da fritura e em qualquer outro caso aonde usemos óleo (refogar, como azeite, etc).

 

Mario Neto

Mario Neto é Terapeuta Ayurveda formado pela escolha Yoga Bhrama Vidyalaya e instrutor de Meditação Transcendental, com especialização em Clínica Ayurvédica na Índia. atende em Brasília no espaço Sattva Ayurveda – https://www.satvayurveda.com/

Uma resposta

  1. Valdolina Ramos

    Me esclareceu muito, tenho muito interesse é sempre busco me informar sobre ayurvédica. Agrade ida?

Deixe uma resposta